16 de nov de 2010

Arte ou Pornografia? Grego ganha prêmio com foto explícita

Quem tem a fotografia como paixão intensa já deve ter se deparado com essa dúvida. Quando que um nu deixa de ser artístico e se torna pornografia? Acho que ninguém vai saber responder essa pergunta com uma formulazinha matemática. Tudo depende da sensibilidade, da proposta do fotógrafo e do nível cultural de quem está observando a imagem. Também tenho noção que existe pornografia com um grau artístico e muita foto artística que não demonstra nenhuma qualidade, mas o mundo da arte é assim. O que sei é que um fotógrafo de nu sempre deve manter sua seriedade, estudar incansavelmente arte e, acima de tudo, ter bom gosto, mesmo que isso também seja difícil de explicar ou definir.
Por conta dessas diversas divagações é que uma imagem do fotógrafo grego Panayiotis Lamprou vem causando muita polêmica na Europa. A foto, intitulada Portrait of my British wife (Retrato de minha esposa britânica), poderia ser mais uma imagem encontrada no flickr, mas ela ganhou o segundo lugar no importante prêmio Taylor Wessing Photographic Portrait, e por conta disso o fotógrafo levou para casa um prêmio de £3,000. Os juízes do prêmio disseram que a imagem foi escolhida por conta de sua qualidade artística, e que em outros anos também foram escolhidas imagens com a presença do nu.
Bem, eu admiro e sou praticante da fotografia de nu há mais de 10 anos. Estudei bastante e sei da tênue linha que separa um bom trabalho de outro mediano. Olhando a imagem eu diria que o nu, muito mais que explícito, é gratuito e inútil. Em nada ajuda na composição da imagem. Está aqui apenas para chocar o observador. Talvez possamos encaixar a obra naquela categoria artística que existe para cutucar as pessoas, causar polêmica, mas não creio que o autor pensou nisso quando fez o click. A imagem abaixo está cropada. Para ver a foto em sua totalidade é só clicar aqui.

Fonte: Meiobit


0 comentários: